Sexta, 15 de Dezembro de 2017

Procure


O outro lado da Tecnologia PDF Imprimir
Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 

   

     Na matéria anterior, destacamos a importância do professor em aprender a lidar com as novas tecnologias, principalmente com a Informática.
     Na década de 80, o grupo Legião Urbana na voz de seu vocalista, Renato Russo descrevia a “Geração Coca-Cola”. No início do século XXI, deparamos com a “Geração da Internet”, que utiliza o computador como ferramenta principal de acesso à informação e relacionamento.
     Vale lembrar que no ambiente da Internet, há muita informação que deve ser filtrada e é neste momento que o professor tem papel fundamental como mediador do processo.
     Algumas enciclopédias virtuais, podemos destacar o Wikipédia, são fontes inesgotáveis de informação, mas há restrições. Pode-se verificar na própria política do site “O princípio da verificabilidade é uma das três diretrizes de conteúdo da Wikipédia”, ou seja, toda informação lá redigida merece ser analisada e verificada, portanto, deve-se orientar os alunos quanto às pesquisas tomadas como fonte de referência em seus trabalhos escolares.Outro ponto se refere aos sites que disponibilizam trabalhos escolares de pesquisa já prontos, que são oferecidos livremente para download. Por isso, é necessário que o professor, ao exigir uma pesquisa, insira pontos estratégicos como comparações e análises ou mesmo uma apresentação oral, para dificultar uma simples cópia.
     Se por um lado nos preocupamos com o aprendizado do aluno, não podemos esquecer que o professor também pode ser pego nesta armadilha tecnológica. Apesar de ser um ambiente “inocente”, o You Tube  tem se tornado dor de cabeça para muitos profissionais da área educacional. Pequenos aparelhos celulares carregam em si, verdadeiros aparatos eletrônicos de gravação, seja de áudio quanto de vídeo. Levados discretamente para as salas de aula, os alunos tem gravado a atuação de seus mestres, que por muitas vezes os colocam em situações constrangedoras.
     Os verdadeiros profissionais não tem o que temer, mas aqueles que utilizam de subterfúgios para as suas aulas ou mesmo expõem opiniões próprias descabidas, devem-se preocupar com a sua postura. O professor deve dizer ou expor em sala de aula somente aquilo que não o constrangeria diante da opinião pública. Os sites de relacionamentos ou chats, como o Orkut e Messenger, apesar de proporcionarem outras formas de comunicação com seus alunos, o professor deve analisar as vantagens e desvantagens da invasão de sua privacidade, pois, aquilo que se escreve terá um peso de responsabilidade muito maior.
     Apesar da modernidade e benefícios da Informática, pudemos verificar que sempre haverá os prós e contras na evolução.